sexta-feira, 28 de setembro de 2012

O medo nas crianças : Como lidar com isso


 Na maioria dos blogs maternos temos visto muitos posts sobre o medo das mães de errarem na educação dos filhos, na alimentação e nos cuidados com os pequenos. Mas quando o assunto é o medo das crianças, implica em algo mais profundo e delicado. Porque nós adultos embora possamos ter muitos medos sabemos de uma certa forma nos defender e nos expressar em relação a isso, mas os pequenos são completamente vulneráveis e na maioria dos casos não conseguem se expressar.
A origem do medo nas crianças pode aparecer de várias formas: pelas pessoas que ameaçam as crianças com bicho-papão, homem do saco e etc., através da TV que passa as vezes até uma propaganda de filme de terror, monstros, violência e etc, causando medo nas crianças ou até mesmo por fatores climáticos, como : chuva forte, trovões e relâmpagos, medo do escuro, de ficar sozinho, e vários outros casos.
Esses dias mesmo tive uma experiência dessa com minhas gêmeas. Houve uma chuva muito forte na cidade, com muitos trovões e relâmpagos e para completar ficamos horas sem luz. As meninas ficaram em pânico e não conseguiam dormir, aí elas tiveram que dormir comigo. 
Para acabar ou pelo menos amenizar o medo, não é do dia para a noite, é um processo, as vezes longo, de muita paciência, diálogo, amor e dedicação.
Temos o dever de passar segurança para os filhos em todos os momentos, mas principalmente nos momentos de medo, dialogar com eles e mostrar que aquilo que eles tanto temem não é nada demais e o principal, dar a eles muito amor e carinho, para que eles se sintam amados e protegidos.
Tentar mostrar a eles sempre o lado bom das coisas por mais assustadoras que possam ser, como por exemplo a chuva, ensino para as meninas, que a chuva é para encher os rios de água, molhar as plantinhas, e etc., que os monstros dos filmes da TV, são de mentirinha e que o bicho papão não existe.
Eu vivi isso na pele, tinha medo de tudo e tinha dificuldade de me expressar. Já passei noites em claro, com a cabeça coberta, suando de medo e de calor, momentos horriveis e sempre me coloco no lugar das minhas filhas para que elas não passem por isso.
Pode ocorrer tambem das crianças não falarem que estão com medo, mas fazer algo que chame a atenção da mãe, nós mamães temos que ficar atentas a tudo isso, principalmente em relação a TV que tem passado barbaridades em violência e maldades, principalmente nas novelas e muitas mães acham que não tem nada haver. Fica a dica e até o próximo post.
x_3c7ea6f1

17 comentários:

  1. Adorei o seu post.Quando era criança tambem tinha medo e era difil mesmo.Mais o certo é que isso passa.Um grande beijo!

    ResponderExcluir
  2. Quando era criança eu tinha muito medo!!! Quero passar toda segurança pro liam pra ele me contar e eu poder ajuda-lo né!

    ResponderExcluir
  3. Oiee.vim conhecer seu cantinho e me deparei com esse texto informativo...muito bom...é o que mais trabalho no dia a dia...com os medos infantis hehe...ajudar as crinças a vencerem essa barreira...Seu blog é muito fofo..parabéns...venha conhecer o meu tbem, será bem vinda!!BJs!!

    ResponderExcluir
  4. Olá,

    Depois de quase duas semanas sumida estou de volta visitando o seu blog, vendo e lendo as novidades que postou. Filha andou doente e hospitalizada e por isso, não tive tempo de deixar o meu recadinho.

    Minha dica de hoje pra vc é o seguinte:
    Melhor lágrima caindo por ouvir verdade, do que um sorriso iludido por ouvir mentiras.

    Abraços,
    Toninha

    Twitter: @toninhavr
    http://cantinhodatoninha.blogspot.com.br/
    http://toninha-ferreira.blogspot.com.br/
    Fan Page Assunto de Mãe
    Educar - O Primeiro Passo

    ResponderExcluir
  5. Eu fui uma criança cheia dos mais variados medos...rsrs.
    Minha filhota e eu AMAMOS seu cantinho,ela adoooora princesas,já viu né?!
    Estamos te acompanhando...

    bjs

    ResponderExcluir
  6. ai Grazi...que saudades de passar por aqui.....kkkkk uma correria para variar........otimo seu texto amiga.....bjussss

    ResponderExcluir
  7. Olá Grazi!

    Gostei muito do seu post. Temos mesmo que trabalhar isso com as crianças, seus medos. Também evitar que eles assistam coisas que vá influenciar na cabecinha deles e vir o medo.
    Lembro que quando eu era pré-adolescnete assisti uma vez um filme que me impressionou muito. Foram dias com medo, imagina se eu fosse menor, daí mesmo que seria o caos...rsrs. Meus pais nunca gostavam que eu assistisse filmes violentos, ou de terror, não sei como consegui dribá-los e vi aquele...rsrs.
    Cuido bastante aqui em casa com tudo que passa na TV e também NUNCA ficamos colocando medo na minha filha pra ela fazer algo. Tipo... "se você não comer o bicho papão ou o velho do saco vai te pegar."
    Já tem os medos naturais da idade, pra que colocar mais coisas ainda.
    Mas as fases passam e o medo que eles tem de algo hoje, daqui um tempinho já passou.

    Beijos querida e tudo de bom!

    ResponderExcluir
  8. Amei o texto, Grazi!
    Super interessante e útil.
    Vim desejar um feliz dia das crianças.
    Beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Parabéns Grazi, seu texto tá ótimo.
    Ele entrou no Top Five desse domingo.
    Beijos e uma ótima semana.
    Equipe Recanto.

    ResponderExcluir
  10. Oi Grazi!
    Parabéns pelo primeiro lugar no Top 5 do nosso Recanto!
    Realmente isso é bem complicado,adorei as dicas.
    Beijinho!

    ResponderExcluir
  11. Adorei seu post. Parabéns pelo primeiro lugar no Top Five, tb estamos lá.
    Eu sempre tive medo de fantasma (posso confessar? ainda tenho). Qd era pequena fazia xixi na cama pq tinha medo de ir ao banheiro e meus pais não eram compreensivos. espero saber lidar com os medos do meu filho de uma maneira bem melhor. Bjs
    http://matheusmeucoracao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Parabéns pelo primeiro lugar!!!

    Merecido!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  13. Adorei o texto e seu blog é uma graça ja virei sua seguidora. Bjin =)
    http://mundinhodasmamaes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. amei seu post
    eu tenho medo (pavor) de ser uma mae ausente,tenho 18 anos e so tenho o ensino medio,preciso voltar a trabalhar e estudar,mas por outro lado nao quero ser uma mae ausente,q nao esta com o filho da hora dos deveres de casa.Tenho pesadelos com isso.
    ja estou te sgeuindo
    http://alicealexiapassosguedes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Show de post. Saudades de vc lá no meu cantinho.
    Bjinhus
    www.gustavoegaby.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Olá! Me vi neste post qd vc relata o medo de suas meninas por conta da chuva, trovões... eu tinha muito medo tb e claro a saída era correr pro quarto dos meus pais. Precisamos de mt diálogo com nossos filhotes para q possam crescer sem traumas.
    Conheci seu blog através do Recato das Mamães blogueiras. Não deixe de me fazer uma visitinha Tb http://cphilene.wordpress.com
    Curta nossa fan page e g+, bjs Cris

    ResponderExcluir
  17. OI Grazi, voltei no seu texto parate parabenizar por estar no Top Five do Recanto.
    A Sofia anda numa fase de emdo e o seu post me foi muito útil.
    beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Adorei a sua visita e ficarei muito feliz com seu comentário.